Home / Notícias e Eventos / Enel vai investir R$ 2 bilhões na rede elétrica de Goiás até 2020
Terça, 13 Março 2018 00:00

Enel vai investir R$ 2 bilhões na rede elétrica de Goiás até 2020

Avalie este item
(0 votos)

DA AGÊNCIA CANALENERGIA

 

A Enel informou que vai investir R$ 2 bilhões (aproximadamente 560 milhões de euros) no período 2018-2020, na rede elétrica do estado de Goiás, onde atende 2,9 milhões de clientes. Em 2017, a empresa investiu R$ 830 milhões. Um dos pilares dos novos investimentos em Goiás é o Projeto Telecontrole, que consiste na automação da rede elétrica de média tensão, por meio da instalação de equipamentos telecomandados e de um sistema de gestão remota.

Apenas em 2018, um total de 1.000 dispositivos serão instalados em Goiás e a expectativa é que este número chegue a 5.000 até 2020. O Grupo Enel já utiliza esta tecnologia em outros países, como a Itália e a Romênia, e no Brasil, principalmente no Rio de Janeiro, com melhorias significativas nos indicadores de qualidade.

Por meio do Telecontrole, a distribuidora consegue identificar e isolar, com mais agilidade e à distância, falhas ocorridas na rede, reduzindo o número de clientes afetados, com claros benefícios em termos de qualidade do serviço.

OBRAS

Em 2017, foram construídas três novas subestações e ampliadas outras dez. Em 2018, serão realizadas ao todo 24 grandes obras, entre construções e ampliações de subestações e linhas de distribuição de alta tensão, incluindo a construção de três novas subestações nos municípios de Mineiros, Niquelândia e Anápolis e de uma linha de distribuição em Niquelândia. Nos próximos meses, também está prevista a entrada em operação da linha de distribuição Luziânia-Cristalina.

Ainda em 2018, na média tensão, serão construídas outras três subestações nas cidades de Bela Vista de Goiás, Orizona, Alto Horizonte, com impacto significativo na qualidade do fornecimento de energia nessas localidades.

Além das obras estruturais, a empresa vem reforçando as ações de manutenção da rede, como as podas de galhos e árvores, que aumentaram 25% em 2017 em relação ao ano anterior. Foram realizadas ao todo 350 mil podas com o objetivo de reduzir o número de interrupções por queda de galho na rede, uma das principais causas de falha no fornecimento.

A Enel também acelerou o número de novas conexões rurais e urbanas. Mais de 1.600 novas conexões rurais foram realizadas em 2017 e, até o fim de 2018, serão outras 5 mil (todas por meio do programa do Governo Federal Luz para Todos). Em áreas urbanas, já foram realizadas cerca de 6.800 novas conexões e, até o fim de 2018, serão pelo menos outras 9.200.

 

Ler 495 vezes Última modificação em Terça, 13 Março 2018 08:48

img-rodape

451
footer-logo BR